Sarro

Domenico Sarro (ou Sarri) nasceu em Trani, Bari (Itália), em 24 de dezembro de 1679. Aluno do conservatório San Onofrio, em Nápoles (1688-1697), veio a ser mestre de capela na capela real. Embora pareça que nunca saiu de Nápoles, as suas obras foram representadas nos principais teatros da Europa. Sarro morreu em Nápoles, em 25 de janeiro de 1744.
Deixou 36 óperas, oratórios, composições vocais, religiosas (missas, motetos) e profanas (cantatas, serenatas, árias), algumas obras instrumentais.