Schein

Johann Hermann Schein nasceu em Grünhain, Saxe (Alemanha), em 20 de janeiro de 1586. Foi mestre de capela da corte de Weimar (1613-1615) e depois kantor em São Tomás, em Leipzig (1616-1630). Foi com Praetorius e Schütz, um dos pioneiros na Alemanha, do novo estilo monódico italiano e aquele que mais profundamente sofreu a influência da música italiana. Schein morreu em Leipzig (Alemanha), em 19 de novembro de 1630.
Escreveu mais de 200 corais a 4, 5 e 6 vozes, Cymbalum sonium (30 motetos no estilo veneziano, de 5 a 12 vozes), 2 livros de Geistliche concerten (62 motetos: 3 a 6 partes, vocais e instrumentais, com baixo contínuo), Venus kräntzlein (25 lieder a 5 vozes, no espírito das cançonetas ou das villanellas italianas), Diletti pastorali (15 madrigais), várias coletâneas de motetos e de madrigais, Banchetto musicale (20 suítes a 5 instrumentos), algumas peças para órgão.