Sermisy

Claudin de Sermisy nasceu na França, em c.1490. Na qualidade de membro da capela de música do rei (chantre e depois sous-maitre, a partir de 1532) participou nos funerais de Luís XII (1515) e de Francisco I (1547), bem como em diversos encontros históricos: o de Francisco I e do papa Leão X, em Bolonha (1515), o de Francisco I e Henrique VIII no Camp du Drap d'or (1520) e mais tarde em Bolonha (1532). Em 1533, tornou-se cônego da Saint-Chapelle, onde passou a ser clere-musicen em 1508. Sermisy morreu em Paris, em 13 de outubro de 1562.
Foi um dos compositores mais publicados do seu tempo e o mestre da música religiosa na França. No entanto, as suas canções de amor contam-se entre as mais finas e delicadas escritas no século XVI. Escreveu 11 missas a 4 vozes, 4 livros de motetos (3 a 6 vozes) e muitos outros, cerca de 200 canções (na sua maior parte, a 4 vozes), uma Paixão segundo São Mateus, a 4 vozes.