Séverac

Déodat de Séverac nasceu em Saint-Felix-de-Caraman, Lauraguais (França), em 20 de julho de 1873. Filho do pintor Gilbert de Séverac, pertencia a uma família antiga de Languedoc. Depois dos estudos secundários e de umas breves passagens pelos conservatórios de Toulouse e de Paris, entrou para a Schola Cantorum, onde foi aluno de Indy e de Magnard. Séverac morreu em Céret, Pirineus Orientais, em 24 de março de 1921.
Foi, talvez, o músico mais original da sua geração. 'A sua música cheira bem', dizia Debussy. Escreveu 2 óperas cômicas, música de cena, poemas sinfônicos, admiráveis peças para piano (entre as quais as suas obras-primas: En Languedoc, Baigneuses au soleil, Cerdana), algumas peças para órgão, melodias.