Sullivan

Arthur Sullivan nasceu em Londres, em 13 de maio de 1842. Foi aluno de Bennet na Academia Real de Música e depois do conservatório de Leipzig. Em 1871, iniciou a sua colaboração com um célebre humorista, William S.Gilbert, que escreveu os libretos de quase todas as suas operetas. Durante 25 anos, os seus nomes estiveram associados (Gilbert and Sullivan) na produção de peças encantadoras, que podem ser consideradas o equivalente britânico das obras de Strauss ou de Offenbach.
Com o seu amigo George Grove, descobriu em Viena, em 1867, os manuscritos perdidos de Rosamunda, de Schubert, e de alguns lieder. Desenvolveu também uma notável atividade de diretor de orquestra, especialmente no festival anual de Leeds. Sullivan morreu em Londres, em 22 de novembro de 1900.
Escreveu uma ópera, 22 operetas, música de cena para peças de Shakespeare, numerosas obras corais (entre elas, 70 hinos), uma sinfonia, peças para piano, numerosas melodias.