A Camarilha

Formado por André Poyart, Artur Gouvêa, Celso Ramalho, Eduardo Gatto e Guilherme Milagres, o quinteto de violões A Camarilha foi criado em meados de 1996 pela necessidade sentida por seus componentes em desenvolver um estilo próprio de interpretação musical, que passeia livremente entre a música erudita e popular, sempre valorizando a sonoridade e a harmonia dos violões, em arranjos exclusivos.
A Camarilha vem firmando seu nome na agenda cultural brasileira, participando de eventos como a I Mostra de Violão Brasileiro, realizada no Museu do Telephone, Violão em Mauá (coordenação de Marcos Llerena), Dia das Portas Abertas (realizado na esquina do Patrimônio Cultural), Concertos Didáticos no Museu Villa-Lobos, Concertos Para a Juventude, no Teatro Carlos Gomes, na semana comemorativa do 45º aniversário do Conservatório Haidée França Americano (Campinas, SP), II Mostra de Violões (Sesc-Catedral Metropolitana de Campinas) e I Concurso Internacional Honorina Barra de Música de Câmara (segundo lugar, Curitiba, PR).
Em 2001, A Camarilha participou do projeto Cartografia Musical Brasileira, um panorama da recente produção nacional, realizado pelo programa Rumos Itaú Cultural Música, representando o Estado do Rio de Janeiro numa coletânea de 10 CDs dedicados a todas as regiões do país.