Art Metal Quinteto

O Art Metal Quinteto é formado por:
Antônio Augusto - trompa
David Alves - trompete
Nailson Simões - trompete
Marco Della Fávera - trombone
Eliezer Rodrigues - tuba
O Art Metal Quinteto desfruta da reputação de ser um dos melhores quintetos de metais brasileiro. Reconhecido pela sua virtuosidade, carisma e dedicação em expandir o repertório brasileiro para esta formação. Os componentes do Art Metal Quinteto primeiro se encontraram na Orquestra Sinfônica Brasileira, onde atuam como solistas do naipe de metais, por mais dez anos.
O primeiro CD do grupo, Da Renascença ao Jazz, lançado pelo selo Velas, foi aclamado pelo jornal O Estado de S. Paulo, como o melhor lançamento instrumental do ano de 1995.
Em janeiro de 2000, em parceria com a Banda Anacleto de Medeiros, lançou pelo Kuarup o CD Sempre Anacleto, inteiramente dedicado a obra de Anacleto de Medeiros, um dos pilares da música brasileira e um dos primeiros compositores a escrever para banda no Brasil. Este CD teve enorme repercurssão na imprensa, tendo matérias publicadas nos principais jornais do Brasil.
Para o ano de 2001, novamente em parceria com a Banda Anacleto de Medeiros, o Quinteto prepara um novo CD, sobre compositores amazônicos do início deste século.
O Art Metal tem se apresentado nas melhores salas de concerto do Rio de Janeiro, tem gravado para rádio e televisão e é constantemente convidado, pelos produtores culturais, a trazer para o público sua pesquisa dos clássicos brasileiros e internacionais, sempre com a preocupação de observar as qualidades originais e seus detalhes históricos. O Art Metal realiza, também, recriações da música popular brasileira em arranjos que tornam sua execução inovadora e completamente adequada a formação de quinteto de metais.
O Quinteto Art Metal comemora este ano 10 anos de atividades e já gravou diversos CDs com repertório diversificado que vai da Renascença ao jazz e ao frevo e à música brasileira de concerto. Tem realizado também importante trabalho de pesquisa, resgatando obras esquecidas de Meneleu Campos, Henrique Gurjão, Teóphilo Magalhães e outros compositores brasileiros.
"O melhor lançamento de música instrumental do ano já está nas lojas. Chama-se Da Renascença ao Jazz, do quinteto Art Metal. Seus componentes estão entre os melhores músicos de sopro do país. Da Renascença ao Jazz é um desses produtos raros em que a inteligência, o virtuosismo e a beleza combinam-se para gerar obra-prima" - Mauro Dias - Estado de S. Paulo
"Ouvindo Da Renascença ao Jazz, logo compreendemos que a sutileza, o trato quase de ouvires que esses músicos dão ao seu repertório, no clássico como no popular, no Renascimento como no Jazz. Os 16 números do programa são eloquentes quanto à versatilidade desses nossos músicos e revelam o respeito que têm pela arte e a profissão que abraçaram" - Zito Baptista Filho - O Globo.