Berlin Philharmonic Octet

O Berlin Philharmonic Octet é a mais antiga e mais versátil associação de música de câmara da Orquestra Filarmônica de Berlim. A longa e ilustre história do conjunto teve início em 1º de dezembro de 1928, quando oito músicos da Filarmônica tocaram juntos em público para uma apresentação do Octeto de Schubert.Com o passar dos anos alguns dos mais celebrados nomes na história da orquestra estiveram associados ao conjunto: os spallas Tossy Spiwakowsky, Erich Röhn e Siegfried Börries, os violoncelistas Gregor Piatigorsky, Nikolay Grauden e Tibor de Maetrulla, o clarinetista Alfred Bürkner,o fagotista Oskar Rothensteiner e muitos outros estão inscritos na extensa história desse octetoAté 1945, apresentou-se principalmente na Europa, mas, partir da década de 50, começou a fazer turnês regularmente em outros continentes. O ano de 1954 viu a primeira turnê de sete semanas pela América do Sul e, nos anos seguintes, aconteceram turnês pelo Japão, Coréia, China, Canadá, EUA, África, Malásia, Austrália e Nova Zelândia.Em 1978, tocou em Israel e na antiga União Soviética, apresentando concertos em Moscou, Leningrado, Kiev e várias outras capitais do leste europeu e dos países bálticos. O conjunto viaja regularmente a cada dois anos ao Japão e é convidado com freqüência para participar dos Festivais de Salzburgo, Lucerna e Edimburgo.O Septeto de Beethoven e o Octeto de Schubert são a base do repertório musical do Berlin Philharmonic Octet. Ao lado destes encontram-se também muitas obras do período clássico e romântico, bem como do moderno, que podem ser tocadas com cordas e sopros, como por exemplo os grandes quintetos para clarinete de Mozart, Weber e Brahms.Muitos dos principais compositores do século XX escreveram especialmente para o Berlin Philharmonic Octet, inclusive Henze, Blacher, Stockhausen e Isang Yun. O Octeto de Hindemith, gravado no ano do centenário do nascimento do compositor, apresenta uma dedicatória ao Berlin Philharmonic Octet, que o apresentou pela primeira vez em Berlim, em 1958, com o compositor à viola.No passado, o Berlin Philharmonic Octet fez numerosas gravações com a Deutsche Grammophone, a Philips, Sony e EMI. O Octeto de Hindemith, o Septeto de Beethoven e o Octeto de Schubert foram gravados em dois CDs pela Nimbus Records e elogiados pela crítica especializada como gravações excelentes e exemplares.Integrantes- Lorenz Nasturica - 1º violino- Peter Brem - 2º violino- Winfried Strelle - Viola- Rodin Moldovan - Violoncelo- Esko Laine - Contrabaixo- Alois Brandhofer - Clarinete- Eric Terwilliger - Trompa- Markus Weidmann - Fagote