Camerata de Violões do CBM

A Camerata Brasileira de Violões surgiu em janeiro de 1996 no Conservatório Brasileiro de Música. A formação atual da Camerata é composta por Paulo Pedrassoli, que também assina a direção artística, Gaetano Galifi, Bruno Correia, Lenine Vasconcelos, Valmyr de Oliveira, Rogério Borda, Artur Gouvêa e Antônio Mello.
Apresentam um repertório que vai dos grandes clássicos à nova geração de compositores brasileiros, incluindo obras escritas especialmente para o conjunto.
A estréia oficial do grupo se deu no dia 11 de abril de 1996, na missa em comemoração aos 60 anos do Conservatório Brasileiro de Música, realizada na Igreja do Outeiro da Glória. Na ocasião, a Camerata estreou uma versão inédita para conjunto de violões do Concerto nº 1 para Violino BWV 1041 de Bach, com a participação especial de José Francisco Dias da Cruz, como solista e autor da transcrição.
A Camerata de Violões CBM vem recebendo inúmeros convites para apresentações. Desta forma, em dezembro de 1996, apresentou-se com enorme sucesso na Sala Cecília Meireles. Em 1997, o conjunto tocou para um numeroso público no evento "Agenda Social do Paraná". Participou do ciclo de homenagens ao Centenário de Lorenzo Fernandez, com um recital coroado de êxito na Sala Cecília Meireles.
A Camerata vem se destacando como um grupo de rara qualidade artística, cuja formação instrumental permite a exploração de um novo universo sonoro, o que vem chamando a atenção de compositores brasileiros como Hermeto Paschoal, que fez uma música especialmente para o conjunto.

email: cbm@cbm-musica.org.br
WebSite:  http://www.cbm-musica.org.br/