Associação Coro de Câmara de Vitória

A história da Associação Coro de Câmara de Vitória começa durante a realização da Convenção Internacional de Regentes de Coros em Brasília (Agosto de 1999), quando Cláudio Modesto e Heraldo Filho tomam conhecimento da realização da 1st Choir Olympics 2000 na cidade de Linz na Áustria. Trata-se de uma Olimpíada de Canto Coral, realizada pela Interkultur Foundation que reúne corais do mundo inteiro em competições por diversas partes do mundo.

Era projeto de Cláudio na época, montar um grupo para participar de competições deste tipo. O maestro Heraldo adotou a idéia e ambos selecionaram pessoas nos diversos corais que regiam para compor o embrião do que seria a Associação Coro de Câmara de Vitória.

O grupo foi formado, preparou-se para o evento e enviou um CD com uma gravação para Linz, sendo classificado para a olimpíada, mas como fazer cultura neste país é uma verdadeira “profissão de fé”, o grupo não conseguiu obter nenhum patrocínio para participar do evento.

Mesmo frustrados, decidiram seguir com o grupo, que na época chamava-se apenas “Coro de Câmara”. O trabalho começou a render frutos e o grupo começou a ter grande destaque em eventos na região Sudeste. Em 2000, o grupo recebe um convite da soprano Amarílis de Rebuá para participar da montagem (em versão Presto Ópera) da ópera “O Guarani” de Carlos Gomes.

O grupo trabalhou duro e participou brilhantemente das montagens realizadas em São Mateus (ES) e em Vitória (ES) entre abril e maio de 2001. O grupo também participou do V Encontro de Corais de Ipatinga (MG) e do I e II CANTARES - Encontro Nacional de Coros do Espírito Santo.

Atualmente está preparando o “Requiem K626" de Mozart, que pretende apresentar em uma turnê por várias cidades do Espírito Santo, cumprindo assim o seu ideal social de popularização da cultura através da difusão da música clássica.

O grupo possui formação eclética e seu repertório abrange uma boa coletânea de músicas clássicas, e sua especialidade é a execução de óperas. Contando com aproximadamente 60 integrantes, e com apenas dois anos de fundação a Associação Coro de Câmara de Vitória tem orgulho de ser capixaba e mostrar seu talento em todo o Brasil.

O coro é dirigido por Cláudio Modesto e Heraldo Silva Filho.