Associação de Canto Coral

A Associação de Canto Coral comemora em 2005 64 anos de ininterrupta atividade na vida musical brasileira, tendo realizado mais de 700 concertos corais da mais alta qualidade, com a participação de orquestras nacionais e estrangeiras sob a regência de nomes como Karl Richter, Igor Stravinsky, Sir Colin Davis, entre outros.

Formada em 1941 por um grupo de jovens musicistas recém-formadas pela Universidade do Distrito Federal, a Associação de Canto Coral tem como patrono musical o compositor Heitor Villa-Lobos. Além disso, tem mantido, como objetivo em sua vida artística, a defesa do patrimônio musical brasileiro, não só através da realização de concertos, mas também por gravações de obras de compositores nacionais e, sobretudo, do Pe. José Maurício Nunes Garcia.

Constam ainda de sua programação obras dos compositores Brasílio Itiberê, Francisco Braga, Frutuoso Viana, J. Vieira Brandão, Villa-Lobos e Francisco Mignone.

Nestes 60 anos, a ACC tem sido mantida exclusivamente pela contribuição dos sócios e pelo eventual patrocínio de empresas públicas e privadas. Até 1994, teve como diretora artística a sua criadora e idealista, Cleofe Person de Mattos. Atualmente, se encontra sob a direção artística de Carlos Alberto Pinto Figueiredo e regência de Valéria Matos.

Em 2000, o Coro a Cappella realizou tournée em países latino americanos apresentando o concerto “Panorama da Música Coral Brasileira”. Em 2001 Associação de Canto Coral recebeu do Conselho Estadual de Cultura o Prêmio Estácio de Sá, e em 2004, recebeu o Diploma de Mérito Cultural pela União Brasileira de Escritores.
Em sua longa trajetória, reconhecida de Utilidade Pública Federal, sem fins lucrativos, a ACC tem sido mantida pelo apoio de empresas a projetos, e pela contribuição de sócios e “Amigos da ACC”.

Além do trabalho coral, têm sido oferecidas uma série de atividades musicais como palestras, cursos, encontros de corais, etc...

Fevereiro 2005.