Boca que usa

O Boca Que Usa foi fundado em 1997, em Niterói, com o objetivo de estudar e divulgar a música coral do Brasil, a partir de um trabalho inovador no que se refere à concepção musical, direção artística e dinâmica de ensaio. É composto, atualmente, por 11 integrantes, todos músicos com grande experiência em canto coral. Boa parte deles possui trabalhos destacados em importantes grupos musicais do Rio de Janeiro, incluindo na área de regência coral.

O nome é derivado de um jogo de palavras alusivo ao termo italiano bocca chiusa (boca fechada), cujo significado, em português, é oposto ao primeiro.

Apesar de possuir direção musical, o grupo busca valorizar a criação e concepção musical coletiva, bem como uma visão mais ampla e harmoniosa da preparação e execução de seu repertório. Além destas características marcantes, segue a tendência consagrada e atual dos principais coros madrigais internacionais, apresentando-se em concertos, sem regência direta.

Com proposta musical ampla e diversificada, possui repertório coral bastante variado, que abrange da Idade Média ao Contemporâneo, incluindo o religioso, o secular, o folclórico e o popular, priorizando obras corais pouco executadas no meio musical.

Nestes anos de existência como coro independente, o grupo vocal tem realizado intensa pesquisa musical, tendo se apresentado, com sucesso de crítica e público, nas principais salas de concerto e espaços culturais do Rio de Janeiro, de Niterói e em outros estados brasileiros.

O grupo acaba de retornar de excursão à Argentina, onde participou do 6º Certame Internacional de Coros de Trelew, um dos mais importantes concursos corais das Américas, realizado em setembro de 2003, e foi um dos quatro corais premiados, fato que coloca o grupo como um dos principais coros brasileiros do momento.