Coral dos Empregados da Petrobras

Preparador do Coral: José Machado Neto
Preparadora Vocal: Maria de Lourdes Cruz Lopes

Pelo menos duas vezes por semana, quando o Coral dos Empregados da Petrobras ensaia, a empresa parece transfigurar de forma sublime os parâmetros de suas atividades - reconhecidamente eficientes - e mudar seus objetivos. Por instantes, deixa-se de lado a perfuração de poços e principia-se um novo processo, mais lento, preciso e paciente: o de perfurar almas e espíritos.

Não se busca mais petróleo, senão arte e cultura. Sensibilidade pura. Um produto mais refinado e de uma riqueza que somente uma empresa moderna e vencedora como a Petrobras poderia perceber. Não se deseja aqui apenas atingir a marca de um ou dois milhões de barris, mas centenas de milhões de corações.

Ora, se o ser humano é corpo, alma e espírito; e se é verdade igualmente que cada vez mais é preciso investir no bem-estar físico do homem - com melhores condições de trabalho e de vida -, não é menos verdade que se precisa investir em seu bem estar espiritual e social. E este investimento tem se tornado uma das mais eficientes estratégias de marketing para as grandes empresas.

Por isso, há cerca de 20 anos, a Petrobras tem procurado desenvolver atividades neste sentido. A formação de corais por todo o Brasil, bem como o patrocínio à Orquestra Petrobras Pró Música, são apenas algumas destas atividades. Quer seja em refinarias, quer seja em escritórios ou poços de perfuração, a empresa tem apoiado o trabalho artístico e cultural, tendo hoje cerca de 21 corais espalhados pelo país.

Formado exclusivamente por empregados, os Corais Petrobras reúnem-se pelo menos duas vezes por semana, com a mesma dedicação e empenho que fazem da Petrobras uma empresa reconhecida internacionalmente. E o padrão de qualidade é mantido tanto aqui como em suas atividades funcionais. Hoje, só no Rio de Janeiro, existem sete corais.

Com um repertório que vai desde peças folclóricas até obras eruditas, como as de Mozart, Brahms, Fauré, Beethoven e Bach , passando por compositores brasileiros, como Milton Nascimento, Pixinguinha, Noel Rosa, Lamartine Babo, Ary Barroso, Dolores Duran, Paulinho Tapajós, e até a dupla Lennon e McCartney, os Corais Petrobras já gravaram 10 LPs. Incentivos como este é que provam que realmente podemos encontrar petróleo onde jamais imaginamos.