Duo Erkel

O Duo Erkel, formado pela brasileira Roberta Arruda e pelo húngaro László Mezo, iniciou seu desenvolvimento em 2003, quando se encontraram na Academia de Música de Budapest. László Mezo, pai de László e Péter Komlós, professor de violino de Roberta, ambos músicos do renomado Quarteto Bartók há mais de 40 anos e professores da Academia, contribuíram para os primeiros passos do duo. Além deles, outros professores da Academia contribuíram, como é o caso de Géza Hargitai, segundo violino do quarteto.

O duo já se apresentou em diversas ocasiões, tanto em Budapest como em outras cidades da Hungria, como Gyula (programação da festa municipal anual) e Debrecen, incluindo concerto gravado ao vivo pela Radio Bartók realizado na Casa Memorial de Bartók. Pela primeira vez no Brasil, atuará no Rio de Janeiro (série de música de câmara Finep e Sala de Concertos da Radio MEC), São Paulo, Campinas e região.

Roberta Arruda nasceu em João Pessoa em 1981, mas cresceu em Campinas, onde comecou os estudos de música até formar-se em violino pela Unicamp em 2002.
Participou nos mais importantes festivais de música do pais, atuou como solista em diversas ocasiões com a Orquestra Sinfônica da Unicamp e foi premiada nos concursos “Jovens Instrumentistas” de Piracicaba e Concurso de Música de Câmara “Henrique Niremberg”, RJ.
Integrou a Orquestra das Américas em 2002 e outras formações no Brasil, além de sempre estar ativa na área de música de câmara. Atualmente estuda na Academia de Música de Budapest como bolsista da Fundação Vitae.

László Mezo nasceu em Budapest em 1980 em uma familia de músicos já na época consagrada na Hungria.
Foi ganhador de premios em concursos nacionais e internacionais, sendo o mais recente “Prêmio Especial” no concurso “Popper” de violoncello (2004).

Realizou diversos concertos em toda Europa, países como Alemanha, Suíça e França, além de estar duas vezes no Japão em turnê solo como músico de câmara.
Após formar-se na Academia de Budapest, segue seus estudos sob Walter Nothas no Conservatório de Música de Munique.

Agosto de 2005.