Banda Sinfônica do Exército

Os integrantes da Banda Sinfônica do Exército - BSE estão contemplados com uma formação musical de excelência, cumprindo, assim, o plano de ação que é fundamentalmente o de fazer da música um bem comum, como parte das atividades culturais do Exército, estabelecendo um elo artístico-cultural com a sociedade brasileira, constituindo-se verdadeira alavanca estratégica para a difusão da música e das tradições do Exército.

A BSE vem realizando expressiva trajetória de concertos e eventos apresentando-se em importantes teatros do país, tais como: Theatro Municipal de São Paulo, Sala São Paulo, Teatro da Orquestra Sinfônica de Porto Alegre, Teatro Municipal de Osasco, Teatro Municipal de Barueri, Teatro Municipal de Santos, Fundação Oscar Americano e em várias cidades do Estado de São Paulo.

O regente Benito Juarez foi contratado, através da Fundação Cultural Exército Brasileiro, devido às suas qualidades artísticas e profissionais, com o objetivo
de aperfeiçoar técnica e artisticamente esse corpo musical.

Benito Juarez, um dos regentes de maior expressão do cenário artístico nacional e internacional, reconhecido pela crítica especializada do Brasil, Europa, EUA e Japão, além de regente titular e diretor artístico do Coral da USP, desde 1967, assumiu também a direção artística e regências da Banda Sinfônica do Exército (BSE), criada, no dia 25 de junho de 2002, e que, a partir de 2004, teve ampliado o seu quadro, com 21 novos instrumentistas, através de processo seletivo de âmbito nacional.