Banda Sinfônica Municipal - Lençóis Paulista

A Banda Sinfônica Municipal de Lençóis Paulista, que iniciou suas atividades em julho de 1995, é uma entidade mantida pela Prefeitura, e sua primeira formação contava principalmente com músicos remanescentes de outras corporações musicais extintas, sendo doze músicos nesta formação inicial.

Assumiu a denominação de Banda Municipal Heitor Villa Lobos, com caracterização de Banda Musical de Concerto. Apresentou-se pela primeira vez em Dezembro de 1995 e, em seguida, realizou diversos concertos em festas populares, religiosas e eventos cívicos, na cidade de Lençóis Paulista e região.

Foi oficialmente criada pela Lei Municipal 2542 de 24 de Abril de 1997 e passou a ter a denominação de Banda Sinfônica Municipal Maestro Agostinho Duarte Martins, em homenagem ao Maestro de várias corporações Musicais Lençoenses. Neste mesmo ano, assume a regência Marcelo Ricardo Maganha, que imprimiu aprimoramento técnico, variedade de repertório e formação de novos músicos.

A Banda Municipal intensificou gradativamente suas atividades, realizou 36 concertos no ano de 1999 e participou do Festival de Bandas em Itatinga/SP, realizado em novembro, passando a ter uma Diretoria que coordena sua organização e intensifica ações para crescimento da mesma, sendo uma de suas conquistas a promulgação da Lei Municipal 2694 de 03 de Dezembro de 1999, que instituiu um regulamento e ajuda financeira aos músicos.

Em 2000, a Banda participou de projeto de intercâmbio apresentando-se em Botucatu em 25 de Março; foi convidada para fazer a abertura da Semana Cultural comemorativa aos 50 anos do Seminário Santo Antônio em Agudos, onde também estiveram presentes o famoso coral “Os Canarinhos de Petrópolis” e o teólogo e escritor Leonardo Boff. Vários músicos da Banda na ocasião foram convidados a gravar o CD junto a Orquestra do Seminário.

Participou do Projeto Campos das Artes realizado pela Secretaria de Estado de Cultura, na cidade de Campos do Jordão nas edições de 2000 e 2002. Ainda no ano 2000, deu início ao Projeto “Orquestrando com a Escola”, desenvolvido junto à rede de ensino de Lençóis Paulista. Deste trabalho, surgiu o convite da Secretaria de Estado de Educação para participar da inauguração do Centro de Capacitação de Gestores - Pólo Botucatu, com a presença do então Vice-Governador Geraldo Alckmin. Com um Concerto Comemorativo festejou, em 04 de Agosto de 2000, cinco anos e seu Centésimo Concerto.

Em Agosto de 2001, através do Programa de Apoio de Bandas do Ministério da Cultura, recebeu um kit com 18 instrumentos musicais. A Banda prossegue seu trabalho levando seus concertos a um número cada vez maior de cidades.

Em Dezembro de 2001, grava ao vivo no horto florestal em Avaré, seu primeiro CD (CD com cinco músicas) que deverá ser lançado em Agosto de 2002. Seus músicos além dos ensaios participam de aula teórica, sendo que atualmente vários são alunos no Conservatório Dramático e Musical Carlos de Campos, mantido pela Secretaria de Estado de Cultura na cidade de Tatuí. Em 2002, iniciou a Banda Experimental com 21 alunos, com aulas de instrumentos ministradas pelos músicos da Banda Sinfônica.

A Banda é constituída atualmente por 35 músicos, buscando sempre o aperfeiçoamento técnico, para alcançar o objetivo maior que é o de provocar nas pessoas fortes emoções, aquela magia “que os males espanta” que só música é capaz de produzir.