Orquestra de Câmara da ULBRA

  • email: orquestra@ulbra.br

A Orquestra de Câmara da ULBRA foi criada em julho de 1996, com o intuito de somar-se às iniciativas da universidade nas áreas da cultura e dos programas comunitários. Desde então, a Orquestra desenvolve vários projetos: Concertos da Temporada, Música nos Campi e apresentações em eventos culturais.

Composta essencialmente por músicos jovens, muitos com experiência no exterior, a orquestra tem como principal objetivo manter a excelência da execução e o alto nível de acabamento musical. Como reconhecimento deste trabalho, o grupo tem sido considerado, pela crítica especializada, uma das melhores orquestras de câmara do Brasil.

Na série Concertos da Temporada, realizados mensalmente, a Orquestra já contou com a participação de solistas de renome internacional como o contrabaixista Michinori Bunya (Alemanha/Japão), o flautista Felix Renggli (Suíça), o clarinetista Gary Dranch (EUA), o trompetista André Henry (França), o violinista Lavard Skou-Larsen (Áustria), o maestro e cravista Graham Griffiths (Inglaterra) os violonistas Eduardo Castañera e Daniel Wolff, o pianista Ney Fialkow e o violinista Cármelo de los Santos, entre outros.

No repertório da Orquestra de Câmara da ULBRA constam as principais obras da música erudita compostas para instrumentos de cordas, abrangendo do período barroco até o contemporâneo. Destacam-se As Quatro Estações de Vivaldi e as Serenatas para Cordas de Tchaikovsky e Dvorák.

Outras vertentes importantes do trabalho deste conjunto são a música latino-americana e a música brasileira, sendo esta motivo de freqüente pesquisa e inclusão de novas obras ou lançamento de novos compositores na sua programação. O grupo é responsável pela estréia de diversas peças originais e arranjos especialmente compostas para o mesmo. Também é marcante a performance deste ensemble nos tangos de Astor Piazzolla, como Las Cuatro Estaciones Porteñas, Melancólico Buenos Aires e María de Buenos Aires.

No tocante a projetos de diversificação e divulgação da música orquestral, o grupo apresentou-se com Nei Lisboa, Renato Borghetti, Neto Fagundes e a banda Nenhum de Nós, Hard Working Band, Hique Gomes, além de realizar inúmeras apresentações pelo interior do Rio Grande do Sul.

A série Música nos Campi consiste de concertos especialmente voltados para universitários, numa abordagem mais leve e com cunho mais didático.

O grupo também contabiliza apresentações em diversos eventos culturais do estado, como, por exemplo, o II Porto Alegre em Canto, Seminários de Música de Montenegro, o Festival de Cinema e o Natal Luz de Gramado, entre outros.

A Orquestra de Câmara da ULBRA realiza, anualmente, 30 concertos, cobrindo diversos eventos em nosso estado, atraindo diretamente mais de 40 mil pessoas.