Orquestra Sinfônica de Mogi das Cruzes

Fundada em 2002, Orquestra Sinfônica de Mogi das Cruzes realizou vários concertos de música sinfônica e popular, citando o concerto de aniversário de Mogi das Cruzes e o concerto de Natal.

Hoje, é composta por 45 músicos. No ano de 2003, foi estruturada para iniciar uma temporada de concertos e, neste ano de 2004, iniciou sua primeira temporada, além de diversas atividades culturais e educacionais sistemáticas.

Com ensaios semanais, um programa de treinamento com as cordas e uma grande programação musical, o grupo vem difundindo a música sinfônica mundial nos palcos de Mogi das Cruzes, além de se preparar para grandes concertos próximos, citando a cantata profana “Carmina Burana”, que será realizada em Dezembro.

A ORSIMC realizou apresentação na reinauguração da igreja da Ordem Terceiro do Carmo de Mogi das Cruzes, participou do III Festival de Violão Vital Medeiros, tendo como solista o violonista gaúcho Daniel Wollf e o violonista paulista Gilson Antunes, executando entre outras o concerto para violão e orquestra de Castelnuevo-Tedesco, e a primeira audição brasileira do concerto para violão e orquestra de Boris Azafiev.

Em seu repertório atual, obras do brasileiro Sérgio di Sabbato, Heitor Villa-lobos, de Gustav Holst, Vaugham-Williams, John Williams, Pachelbel, Pablo Sarasate, Vivaldi, entre outros tantos mestres.

Participa como grupo convidado da temporada de concertos do projeto Orquestra Sinfônica Jovem Minha Terra Mogi, onde inúmeros de seus componentes atuam como professores. Além da formação principal da Orquestra Sinfônica, com todos os músicos, atua também com formações menores tais como a Orquestra de Sopros, a Orquestra de Cordas e a Camerata, com cordas e sopros em número reduzido.

Tem como objetivo a difusão da música sinfônica em Mogi e na região do Alto Tietê, bem como no desenvolvimento musical e cultural da comunidade e de seus integrantes, investindo em aprimoramento e novas perspectivas para concertos em séries, tais como didáticos, para a comunidade, especiais, etc. Em sua sede, congrega também as atividades de grupos convidados tais como corais e outras orquestras e bandas.