Orquestra Filarmônica da Rádio de Hannover

Desde a sua fundação em 1950, a Orquestra Filarmônica da Rádio de Hannover - NDR é uma das instituições musicais mais reconhecidas no âmbito das orquestras alemãs.

O perfil da orquestra é marcado pelo seu diversificado repertório, que na música de concerto vai do Barroco ao Contemporâneo e - na área da assim chamada música popular – inclui desde Operetas, Musicais e trilhas de filmes até o jazz sinfônico. Em uma série de concertos realizados na Expo 2000 com estrelas do cenário internacional pop (Herbert Grönemeyer, Patrícia Kaas, Bobby McFerrin, Ray Charles, Lionel Richie, entre outros), a Orquestra Filarmônica da Rádio de Hannover – NDR despertou atenção adicional para o seu, relativamente, novo segundo nome NDR Pops Orchestra.

Realiza em sua cidade natal, na Grande Sala da Rádio da Baixa Saxônia da NDR em Hannover, entre 30 a 35 concertos por temporada, várias séries de assinaturas, concertos matinais aos domingos, com programas especiais para crianças e jovens. Paralelamente, é convidada, com freqüência, para grandes festivais de música na Alemanha e faz turnês pelo país e exterior. As últimas viagens levaram a orquestra à Espanha, a Viena, Zagreb e Budapeste. Em junho de 2004, está prevista uma viagem para o Japão.

Nos primeiros 25 anos de sua existência, foi regida por Willy Steiner. Como regentes titulares, seguiram-se, a partir de 1976, Bernhard Klee, Zdenek Macal, Aldo Ceccato e, de 1991 até 1995, novamente Bernhard Klee. Dele, partiram impulsos decisivos para o crescimento do nível artístico da orquestra. Especialmente na Wiener Klassik e na “Moderna”, Bernhard Klee fez da orquestra uma embaixadora do Norte da Alemanha.

Em 1998, o japonês Eiji Oue fez a sua estréia como novo regente titular, iniciando um trabalho conjunto de extremo sucesso. Paralelamente aos concertos regulares para assinantes, foi introduzida uma nova série de concertos com Eiji Oue dirigida ao público jovem, que vem obtendo também enorme sucesso. Um grande acontecimento realizado por Eiji Oue foi o “Dia da Música - Hannover 2002”, quando os músicos da orquestra se dividiram em pequenos grupos por toda a cidade e no mais diversos locais – tanto estações de trem como salas de concerto – e podiam ser ouvidos por toda Hannover. Um projeto que foi muito bem aceito pela população, não só pelo público regular de concerto.