A r i o s t i - (1666-1729)

Attilio Ariosti nasceu em Bolonha (Itália) em 5 de novembro de 1666. Virtuoso da viola d’amore, cantor e organista, foi padre durante cinco anos, entrando para o serviço da corte de Mântua e depois para o da eleitora Sofia Carlota, então futura rainha da Prússia e, finalmente, para o do Imperador José I, em Viena. Mais tarde, viajou até Paris e Londres, onde foi, desde 1722 até cerca de 1727, um dos diretores da Academia Real de Música. Ariosti teria morrido no verão de 1729.

 

Escreveu cerca de 20 óperas, 5 oratórios e algumas obras instrumentais.