c a r r e i r a - (c.1520-c.1598)

Antonio Carreira nasceu em Lisboa, entre 1520 e 1530. Compositor e organista, trabalhou na capela real portuguesa ao serviço de D. João III e de D. Sebastião. As suas composições para órgão e outros instrumentos de tecla, cuja maioria são tentos e fantasias, devem ter sido muito procuradas em seu tempo, o que revela a sua celebridade dentro do repertório de música para tecla. Os próprios músicos do mosteiro de Santa Cruz de Coimbra tinham cópias das obras de Carreira na sua Biblioteca de Música. Carreira morreu em c.1598.

O seu estilo, embora com influências ibéricas, revela-se, contudo, cheio de expressão, com forte personalidade individual e rico de contrastes, utilizando o efeito das dissonâncias e sabendo ornamentar os seus temas com magníficas glosas. Algumas das suas composições têm sido publicadas em antologias da Portugaliae musica da F.C.Gulbemkian.