c h a m b o n n i e r e s - (1602-1672)

Jacques Champion de Chambonnieres teria nascido na França, em 1602. Era filho de um cravista do rei. Pode ser considerado o chefe da escola francesa de cravo e a sua maneira de tocar, especialmente refinada e sutil, valeu-lhe uma reputação considerável em toda a Europa. Sucedeu a seu pai, como cravista do rei - nos reinados de Luís XIII e de Luís XIV - e esteve, durante algum tempo, ao serviço das cortes da Suécia e de Bramdenburgo. Chambonnieres morreu em Paris, em 1672.

Na sua música, destinada exclusivamente ao cravo, herda dos alaúdistas e organistas da geração precedente um estilo polifônico, cujo arcaísmo é compensado por uma ornamentação luxuriante e sutilezas harmônicas "modernas". Toda a sua música se apresenta sob a forma de suítes de danças à maneira dos alaúdistas. Chambonnieres foi o professor de Nivers, Cambert, le Begue, d'Anglebert, bem como dos três primeiros Couperin - pai e tios de François, o Grande - que apresentou em Paris, em c.1650. Escreveu peças para cravo - 2 livros publicados, o primeiro dos quais contém uma tabela de ornamentos preciosa.