c h a v e z - (1899-1978)

Carlos Chavez nasceu no México em 13 de junho de 1899. Filho de pai mexicano e mãe índia, começou a estudar música muito cedo com Manuel Ponce. A partir dos dez anos, compôs obras acadêmicas, românticas e impressionistas. Mas sua personalidade só se revelou quando, em 1921, descobriu o seu gosto pela música tradicional mexicana. Em 1928, fundou a Orquestra Sinfônica do México e foi nomeado diretor do Conservatório. Chavez morreu no México em 2 de agosto de 1978.

A sua obra, cujas características dominantes são a austeridade da escrita contrapontística e a importância das pesquisas rítmicas - o próprio piano é muitas vezes tratado como instrumento de percussão - tem uma diversidade notável: música pura de tendência experimental e música de "intervenção" refletindo preocupações políticas e sociais.

Escreveu a sinfonia proletária para coros e orquestra Llamadas, 4 sinfonias - entre elas a Sinfonia Índia -, 4 bailados - entre os quais se conta Hija de Colquide, criada por M.Graham com o título de Dark Meadow -, música para Antígona, de Sófocles, concertos - para 4 trompas, para violino, para piano -, Tocata para instrumentos de percussão, 3 quartetos, peças para piano, melodias e canções mexicanas.