c o e l h o - (c.1550-c.1635)

Manuel Rodrigues Coelho nasceu em Elvas (Portugal) em c.1550. Iniciou os seus estudos de música na Sé das Elvas, e em 1573 foi organista substituto na catedral de Badajoz. Depois foi sucessivamente organista nas Sés de Elvas e Lisboa e da Capela Real de que foi também capelão. M.R.Coelho morreu em em Lisboa em c.1635.

Em 1620, M.R.Coelho publicou a sua obra Flores de música, para instrumento de tecla, que pode ser considerada a maior obra de música para instrumentos que primeiramente se publicou em Portugal e, como tal, um marco na produção musical deste gênero no contexto português.

A obra é uma espécie de coletânea composta de 24 tentos cujo processo de escrita, 'apresenta muitos constrastes, intensidade de expressão, idéias brilhantes e simultaneamente de acerba beleza. É uma arte sublime, também adequada à interpretação em harpa, cravo, clavicórdio ou positivo' (M.S.Kastner).

Uma edição atual de Flores de música apareceu em Portugaliae Musica (F.C.Gulbenkian) repartida em dois volumes - Vol. I e Vol. II, tendo o I já uma segunda edição -, figurando os 24 tentos no Vol. I e sendo o Vol. II dedicado a composições sobre temas litúrgicos.