c o s t a - (1879-1970)

Luís Costa nasceu em Farelães, Barcelos (Portugal?) em 25 de novembro de 1879. Compositor e pedagogo, a sua atividade musical desenvolveu-se sobretudo como pianista, sendo considerado um dos maiores virtuoses do teclado, não só em Portugal como no estrangeiro, onde realizou muitos recitais. Costa morreu no Porto (Portugal) em 7 de janeiro de 1970.

Intérprete exímio de piano, a sua obra como compositor tinha de refletir essa sua qualidade. Escreveu para piano peças bem estruturadas entre as quais se contam uma Sonata, diversos prelúdios e estudos, os Poemas do monte e as Telas campesinas, sendo a Fantasia para piano e orquestra a sua obra de maior vulto. São de referir ainda diversas obras de câmara como um trio e um quinteto para piano, sonatinas para flauta, viola e violino, dois quartetos para cordas, uma sonata para violoncelo e melodias.