Reicha - (1770-1836)

Antonin Reicha nasceu em Praga (Rep. Tcheca) em 26 de fevereiro de 1770. Autodidata, começou a sua carreira como flautista na corte de Maximiliano da Áustria, em Bona, onde Beethoven, que era violinista, se tornou seu amigo.

Depois tentou fixar-se como compositor em Hamburgo (1794-1799), Paris (1799-1802), Viena (1802-1808), onde conviveu com Haydn, Beethoven e Salieri e, finalmente, estabeleceu-se em Paris em 1808. Aí, foi nomeado professor no Conservatório (1818), obteve a cidadania (1829) e sucedeu a Boieldieu no Instituto. Reicha morreu em Paris, em 28 de maio de 1836.

A excelência dos seus ensinamentos granjeou-lhe muitos alunos, entre os quais se contam Berlioz, Liszt e Gounod. Escreveu 6 óperas, sinfonias, 26 quintetos para instrumentos de sopro (o melhor da sua obra), 6 quintetos para cordas, 36 fugas para piano e algumas obras pedagógicas excelentes.